Je suis Charlie

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Je suis Charlie

Mensagem por Admin em Qui Mar 05, 2015 6:36 pm

Nossa primeira discussão serão sobre o tema "Je suis Charlie".

Há alguns meses, milhares de pessoas saíram às ruas para protestar a morte dos cartunistas e editores do Charlie Hebdo, jornal satírico francês. Muitos seguravam placas com os dizeres: "Je suis Charlie" ("Eu sou Charlie"), como prova de apoio e solidariedade aos mortos. Rapidamente, a frase ganhou as redes sociais sendo postada e curtida por pessoas do mundo inteiro.

As questões a discutir são:

1. Vous êtes Charlie?
Você realmente é Charlie? Você ergueu ou ergueria a placa? Curtiu sua publicação no Face? O que implica carregar uma placa como esta?

2. Em que ponto termina a "liberdade de expressão" e começa a ofensa? A propósito, a liberdade de expressão termina em algum ponto? Há ofensa quando falamos de imprensa, charges e cartum?

Seja claro ao apresentar seu ponto de vista e esteja atento à linguagem: formal, sem gírias e sem abreviações.

Quem começa?


Leia mais em:
http://www.cartacapital.com.br/internacional/charlie-hebdo-a-revista-irreverente-e-ameacada-pelas-charges-de-maome-8116.html
http://www.pragmatismopolitico.com.br/2015/01/charges-mais-polemicas-da-charlie-hebdo.html

O jornal: http://charliehebdo.fr/es

Admin
Admin

Mensagens : 15
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário http://leonorquadros.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Je suis Charlie

Mensagem por Lucas Sá M. em Sex Mar 06, 2015 2:58 pm

Bem, primeiro que ninguém é santo nesse mundo. Matar já é algo horrível e vai contra todas as leis de Deus, mas vamos ser sinceros, as charges não eram nada santas. Zombar da divina trindade foi um absurdo, bem, eu quando vi aquela imagem não acreditei. Para aquele que é cristão, sabe que é um pecado que nunca haverá perdão. Não estou aqui para dizer que esse ou aquele lado está certo, mas quem saiu prejudicado desta situação foi aquele que morreu... Não, eu não sou Charlie. Já você que é Charlie me responda está pergunta: Você aprova esse tipo de sátira?
Totalmente errada a atitude deste jornal de querer ficar ganhando dinheiro e mais dinheiro encima da religião, isso é humor? mas, quem saiu perdendo como eu disse foi aquele que morreu.


Vamos para a questão da liberdade... Creio que os direitos de liberdade não inclua a possibilidade de ofender algo. Lembre-se, '' liberdade de expressão acaba quando você começa a partir pro insulto'' - Ahmet Davutoglu. Criticar e opinar, isso sim é uma forma de se expressar, mas partir para um nível baixíssimo onde chega ao ponto de ofender... a partir daí já perdeu todo o senso de ética.




Última edição por Lucas Sá M. em Seg Mar 09, 2015 12:56 am, editado 1 vez(es)
avatar
Lucas Sá M.

Mensagens : 4
Data de inscrição : 06/03/2015
Idade : 18

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Je suis Charlie

Mensagem por Profa Simone em Sex Mar 06, 2015 7:29 pm

Boa colocação, Lucas, mas de onde você tirou a ideia/frase: "liberdade de expressão acaba quando você começa a partir pro (sic) insulto"? Viu em algum lugar? Ouviu alguém dizer isso ou é sua própria opinião?

Parabéns pela iniciativa em ser o primeiro!

OBSERVAÇÃO: O "sic" é usado quando alguém comete algum erro na redação de  determinada frase (o "pro", no caso). O mais adequado, aqui, seria "para o".

Quando utilizamos o "sic" está mostrando que o erro foi cometido pelo próprio autor do texto e não por falha de digitação ou cópia.


Profa Simone

Mensagens : 4
Data de inscrição : 06/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Je suis Charlie

Mensagem por Lucas Sá M. em Sex Mar 06, 2015 7:33 pm

Observei isso num dos sites que eu comecei a pesquisar. Obrigado por corrigir este meu erro, este infelizmente passou despercebido por mim!
avatar
Lucas Sá M.

Mensagens : 4
Data de inscrição : 06/03/2015
Idade : 18

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Qui parle quoi que...

Mensagem por Jadiel B. em Dom Mar 08, 2015 11:19 pm

1. A iniciativa de apoio e solidariedade é válida. Mas até que ponto ela é realmente feita com o intuito de apoiar e prestar condolências, e não para seguir o movimento só porque todos estão fazendo? Esse é um dos problemas das coisas que se tornam virais no sec. XXI, seja assunto sério ou não. Postar uma frase porque todos estão postando, seguir algo que está em destaque, em alta, só para dizer que está "por dentro."
Muitas das pessoas que postaram a frase sequer sabiam o que ou quem era Charlie, mas viram que era algo importante e decidiram seguir a "modinha". Quem realmente tem porquê levantar uma placa em apoio ao jornal vê seu protesto descreditado ao saber que tantos estão ali só pela imagem que o movimento passa.

2.


(Imagine aqui aquela imagem da capa do Mer-Vinet Trois a Trois Papas)


Uma das capas do jornal. Seria isso uma "crítica" ou uma provocação direta, sem qualquer indício de respeito às crenças alheias? No
Há um limite para as críticas. A liberdade de expressão se encaixa na idéia de que sua liberdade termina aonde a do outro começa. Uma coisa é você criticar a Igreja Católica, dizendo (por exemplo) sobre como pregam a doutrina de dar aos pobres e a contradição do trono do Papa ser de ouro. Outra coisa é mostrar uma imagem do Pai, Filho e Espírito Santo numa cena indiscreta. O mesmo ocorreu com o profeta islâmico: o jornal passou da sátira/crítica para a ofensa/provocação, como se pedissem pelo atentado.
O grupo islâmico já é conhecido pela sua retaliação violenta e extremismo. Sabendo disso, os cartunistas os provocam e, mesmo após a tragédia, continuaram a denigrir a religião, com imagens do mesmo nível que a postada acima. Não quero defender o lado islâmico, sua resposta foi exagerada e inumana, mas aquele país segue aquela cultura, mesmo que para nós seja algo calamitoso ("O que é normal para a aranha é um caos para a borboleta." -Mortícia Addams), creio que não haveria o ataque se não houvesse a provocação.
Também não se trata de uma ditadura ideológica, pois ao redor do mundo, na íntegra e na rede, há varias pessoas, jornalistas, resenhistas, colunistas, historiadores, blogueiros etc. que expõem seu ponto de vista à religião e suas práticas, de maneira civilizada e coerente, sem necessidade de ofensa aos grupos.
Em suma, liberdade de expressão tem seus limites, que se encontram e se evidenciam no respeito ao próximo, visto que se a liberdade fosse total, e cada indivíduo dissesse e fizesse o que lhe convinha, sequer haveria sociedade.

Att.


Última edição por Jadiel B. em Seg Mar 09, 2015 6:13 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Jadiel B.

Mensagens : 3
Data de inscrição : 08/03/2015
Idade : 18
Localização : São Paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Je suis Charlie

Mensagem por Profa Simone em Seg Mar 09, 2015 12:37 am

Lucas, foi a frase que encontrou em um dos sites que pesquisou? Se sim, procure saber que é o autor dela e mencione em seu comentário, inclusive dizendo quem ele é, caso não seja muito conhecido.



Profa Simone

Mensagens : 4
Data de inscrição : 06/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Je suis Charlie

Mensagem por Lucas Sá M. em Seg Mar 09, 2015 1:05 am

Ahmet Davutoglu é um cientista, político, acadêmico e diplomata turco. É o atual primeiro ministro da Turquia e autor da frase: " liberdade de expressão não é a liberdade de insultar''.
avatar
Lucas Sá M.

Mensagens : 4
Data de inscrição : 06/03/2015
Idade : 18

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Je suis Charlie

Mensagem por Admin em Ter Mar 10, 2015 5:12 pm

Muito boa resposta, Jadiel! Contudo, quero chamar a atenção para a história da França. O ideal da Revolução Francesa era "liberdade, igualdade e fraternidade". Ou seja, para o francês, liberdade conta muito. Será que, considerando esse contexto, não vale a pena defender a liberdade que a revista tem? Não vale a pena lutar pela dita "liberdade de expressão"?

Sobre a Revolução Francesa, leia mais em:
http://www.historiadomundo.com.br/idade-moderna/revolucao-francesa.htm
https://www.algosobre.com.br/historia/revolucao-francesa-1789-1799.html

Quanto aos demais, cadê a opinião de vocês?

Profa. Simone

Admin
Admin

Mensagens : 15
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário http://leonorquadros.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Je suis Charlie

Mensagem por MonnycaSantos em Qua Mar 11, 2015 9:10 pm

1.) Bom  , todos nós temos que confessar que há situações que sátira nos envolve , mas não como Charlie que perde toda a dignidade de um bom humor. Não sou Charlie , não ergueria esta placa , pois acredito que o humor tem seus limites e que temos que respeitá- los. Acredito que Charlie passou de todos os limites , porque religiões e opções  foram terrivelmente criticadas , e essas criticas por sinal não são boas . Infelizmente ocorreu essas terríveis    mortes , mas o que era pra acontecer aconteceu , toda ação tem um a reação !
2) A liberdade de expressão termina quando deixamos de dar nossas opiniões e começa quando partimos para o nível mas baixo , como a ofensa. Acredito eu ,  que a liberdade de expressão termina sim , por que em meio de toda essa expressão pode ocorrer maus entendidos e geram uma confusão , pois na maioria da vezes discutimos com tal pessoa que não sabe respeitar a opinião do próximo  , então termina quando parte para a ofensa.

MonnycaSantos

Mensagens : 2
Data de inscrição : 09/03/2015
Idade : 19

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Je suis Charlie

Mensagem por Admin em Qua Mar 11, 2015 11:42 pm

É, Monnyca! Também acho que não dá para ser radical, querer a liberdade a qualquer custo. Em outros países, vidas inocentes morreram, graças à revista...

Profa. Simone

Admin
Admin

Mensagens : 15
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário http://leonorquadros.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Je suis Charlie

Mensagem por Admin em Qua Mar 11, 2015 11:43 pm

Eu só quero ver quando essa moçada se manifestará...

Meus caros, vocês têm mais uma semana para participar. Opinem!!!

Profa. Simone

Admin
Admin

Mensagens : 15
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário http://leonorquadros.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Je suis Charlie

Mensagem por Lurdes Souza em Sex Mar 20, 2015 10:51 pm

1. Bom, eu não sou Charlie e não ergueria a placa. O simples fato de querer "expressar sua opinião" em um lugar público, visto por todos com temas que até hoje geram discussões, é pedir para que algo aconteça e infelizmente aconteceu. Independente de ser trabalho ou não, respeito sempre em primeiro lugar.
2. Como já foi dito, a partir do momento em que começa a usar palavras de baixo calão e não respeitar a opinião do próximo, deixa de ser "liberdade de expressão". Devemos respeitar a opinião, religião e outros conceitos que geram debates de forma adequada, e não com sátiras, charges e cartum.

Lurdes Souza

Mensagens : 2
Data de inscrição : 11/03/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Je suis Charlie

Mensagem por Admin em Sex Mar 20, 2015 11:02 pm

Opinião registrada, Lurdes.

Obrigada!

Profa. Simone

Admin
Admin

Mensagens : 15
Data de inscrição : 05/03/2015

Ver perfil do usuário http://leonorquadros.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Je suis Charlie

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum